Inteligência artificial no varejo: a nova era chegou

Até poucos anos atrás, a inteligência artificial no varejo era vista como algo distante da nossa realidade.

Porém, o avanço da internet e das novas tecnologias fez com que isso estivesse ao nosso alcance mais rápido do que imaginávamos.

Hoje em dia, a inteligência artificial está presente em diversas atividades do nosso dia a dia e o que antes parecia coisa de filme de ficção científica, hoje em dia, é uma realidade.

A nova era já chegou! E é sobre ela que falaremos neste artigo.

Siga a leitura e saiba mais sobre o conceito, as vantagens e a aplicação da inteligência artificial no varejo.

O que é a inteligência artificial?

No livro “Você, eu e os robôs”, a escritora Martha Gabriel classifica a inteligência artificial como “a área da ciência da computação que lida com o desenvolvimento de máquinas e computadores com capacidade de imitar a inteligência humana”.

Ou seja, a inteligência artificial é qualquer serviço digital que consegue desenvolver atividades que até então eram realizadas apenas por humanos.

É o caso, por exemplo, dos chatbots, bastante comuns de serem usados nas redes sociais e aplicativos mensageiros.

Com esse recurso, as perguntas mais comuns feitas pelos clientes de uma empresa, por exemplo, são respondidas por um programa de inteligência artificial e não por um operador humano.

Como a inteligência artificial no varejo funciona?

Falando especificamente sobre a inteligência artificial no varejo, podemos citar como principal serviço o self-checkout, presente em lojas de conveniência autônoma.

Nesse caso, o cliente precisa apenas fazer um reconhecimento de identidade, escolher os produtos que deseja nas prateleiras da loja, fazer o pagamento digitalmente e sair.

Tudo isso sem ter que enfrentar filas ou sequer ter que pegar na carteira.

Para isso, ele precisa ter uma conta pré-criada por um meio de pagamento cadastrado, como o cartão de crédito.

A cobrança é feita de forma automática, a partir do momento em que o serviço de inteligência artificial no varejo detecta quais foram os produtos comprados pelo cliente.

Quais são os principais benefícios da inteligência artificial no varejo?

O uso dos recursos de inteligência artificial no varejo traz diversos benefícios, para os clientes e também para os lojistas. Veja, a seguir, os principais deles!

Facilidade para fazer compras

Os clientes contam com muita facilidade para fazerem as suas compras em lojas de conveniência autônoma que usam os serviços de inteligência artificial.

Isso porque eles podem comprar em locais de passagem, em que essas lojas são localizadas, como na empresa em que trabalham ou até mesmo no pátio do condomínio onde residem.

Economia de custos

Para os lojistas, o uso da inteligência artificial é interessante para fazer economia, uma vez que ela faz com que os serviços oferecidos sejam autônomos, sem a necessidade de ter um vendedor ou operador de caixa na loja.

Os clientes também se beneficiam disso. Afinal, se o lojista não tem custos com os funcionários, essa economia também pode ser repassada nos preços dos produtos, que saem mais em conta para o cliente.

Funcionamento 24 horas

O funcionamento das lojas com sistemas de inteligência artificial é 24 horas. Isso quer dizer que os clientes podem fazer as suas compras em qualquer horário do dia, até mesmo nos finais de semana e nos feriados.

Isso é muito conveniente, sobretudo para pessoas que trabalham no horário comercial e não têm disponibilidade para fazer as compras nos momentos em que o comércio tradicional está aberto.

Essa característica também é útil para quando acontecem imprevistos e o cliente precisa de um produto rapidamente. Como a inteligência artificial no varejo está muito relacionada à hiper conveniência, ou seja, ao fato do produto estar no local em que o cliente está, a facilidade de compra é muito grande.

Como a tecnologia da Onii usa a inteligência artificial?

A Onii é uma das empresas pioneiras no Brasil, quando falamos em inteligência artificial no varejo.

As nossas lojas ficam localizadas em empresas, condomínios, coworkings, espaços públicos, entre outros locais.

Para acessar as lojas, basta que o cliente baixe o aplicativo Onii em seu smartphone e faça o cadastro, preenchendo as informações de cobrança, ou seja, fornecendo o número do cartão de crédito.

Feito isso, o acesso às lojas é realizado por meio de um leitor de QR Code, disponível no aplicativo.

Basta aproximar o smartphone ao código que fica na fechadura da porta do estabelecimento e ele será aberto.

Depois que a loja for aberta, o cliente pode escolher os produtos que deseja comprar e fazer a leitura dos códigos de barras dos produtos, também pelo aplicativo.

Os itens vão sendo colocados em um carrinho virtual, como os que vemos em e-commerces.

Quando termina de escanear todos os produtos, basta que o cliente finalize a compra, para que a cobrança seja feita automaticamente, de forma inteligente.

A inteligência artificial no varejo é a nova era do comércio, que já chegou e pode mudar a forma como as pessoas fazem compras.

Você, empreendedor, pode se destacar e ser um dos primeiros a oferecer esse serviço na sua cidade ou região.

O melhor de tudo é que você não precisa dedicar muito tempo para tocar uma loja de conveniência autônoma. Saiba mais em nosso artigo que apresenta esse modelo de franquia flexível para tocar em meio período.

Inteligência artificial no varejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami