Como funciona um Micro Market em condomínios?

Praticidade e inovação são aspectos cada vez mais buscados pelos clientes. Uma boa forma de proporcionar isso é disponibilizando produtos no local onde os consumidores estão e o Micro Market em condomínios é uma boa maneira de conquistar isso.

A nossa sociedade está em constante mudanças e passando por fenômenos que fazem com que as pessoas mudem o seu comportamento. Exemplo disso é a recente necessidade do isolamento social, imposto pela pandemia da Covid-19.

As pessoas aprenderam a comprar online e também a valorizar mais aquilo que está perto de casa, para evitar grandes trajetos e aglomerações. Tais comportamentos foram enraizados e devem seguir sendo comuns na sociedade nos próximos anos.

Saiba o que é o Micro Market em condomínios

É bem provável que você já tenha comprado algo em uma vending machine, não é mesmo?

Se você já viu uma loja Onii por aí, pode se basear nesse estilo, pois a tecnologia é a mesma!

Tratam-se daquelas máquinas que ficam em lugares públicos, como faculdades, hospitais, postos de gasolina, empresas, entre outros, com alimentos para serem consumidos no local.

O Micro Market pode ser considerado uma evolução das vending machines. São lojas de conveniência autônoma como a Onii, com uma ampla variedade de produtos, para que os clientes possam adquiri-los de forma prática e rápida, em qualquer momento das 24 horas do dia.

Quando localizados em condomínios, os Micro Markets podem atender as demandas dos moradores, que não precisarão ir para longe de casa para comprar os produtos que precisam.

Trata-se, portanto, de um serviço bastante vantajoso para os clientes, que poderão fazer suas compras em qualquer horário, sem enfrentar filas ou pegar trânsito. Além disso, também poderão comprar em situações de emergência, como quando falta um ingrediente enquanto se prepara uma receita, por exemplo.

Entenda como funciona um Micro Market em condomínio

O Micro Market em condomínio funciona por meio de máquinas de vendas ou lojas criadas dentro de containers. Em ambos os casos, é dispensada a presença de colaboradores, já que o negócio é autônomo e os clientes podem fazer tudo sozinhos.

O funcionamento do negócio é bastante simples e é intermediado pelo uso de um aplicativo, que pode ser baixado em smartphones de todas as marcas.

O app conta com um leitor de QR Code, que é utilizado para abrir a porta da loja. Após fazer a leitura do código presente na maçaneta, o cliente pode entrar no estabelecimento e escolher os produtos que deseja adquirir.

Feito isso, basta escanear os códigos de barras dos produtos, mais uma vez usando o leitor de QR Code do aplicativo, exatamente como funciona nas lojas Onii.

Os itens serão colocados em um carrinho virtual, como os de e-commerce, com o valor da compra sendo somado a cada item escaneado.

Ao terminar de escanear todos os produtos, basta finalizar a compra. O valor será cobrado de um cartão de crédito, que deve ser previamente cadastrado pelo cliente no aplicativo. Tudo acontece de forma muito prática, trazendo conforto e agilidade para o dia a dia dos moradores dos condomínios.

Vantagens do Micro Market em condomínio

O Micro Market em condomínio traz diversas vantagens para os moradores dos complexos habitacionais. Veja quais são as principais delas!

Segurança e higiene do ambiente

Com o Micro Market em condomínio os clientes se sentirão muito mais seguros, tendo em vista que praticamente não precisarão sair de casa para comprar o que necessitam.

Além disso, também frequentarão um local mais higiênico e com menor circulação de pessoas. Isso evita a contaminação pelo novo coronavírus e também outras doenças, como a gripe comum.

Personalização das lojas

O gestor de um Micro Market em condomínios pode personalizar as lojas, de acordo com as necessidades dos clientes. É possível solicitar ao síndico que faça uma pesquisa com os moradores, para saber o que as pessoas mais gostariam de encontrar na loja.

Se o condomínio tiver muitas crianças pequenas, por exemplo, pode ser uma boa ideia vender fraldas no Micro Market. Caso boa parte dos moradores sejam pessoas jovens e que gostam de fazer churrasco no final de semana, por exemplo, podem ser vendidos itens como carne, carvão e cerveja.

Basta fazer um levantamento para conhecer o seu perfil de público e conquistar mais resultados positivos para o seu negócio.

Valorização do condomínio

Quando um condomínio investe em um Micro Market também ganha em valorização. Isso porque as lojas são vistas pelos moradores como um atrativo a mais para o local.

Dessa forma, a busca pela compra ou aluguel de imóveis tende a crescer. Ter um Micro Market em condomínio, portanto, é uma boa estratégia para as construtoras colocarem em prática.

Gostou de saber mais sobre o Micro Market em condomínio? Você pode empreender nesse segmento, se tornando um licenciado Onii. Funcionamos com um modelo de franquia simples e de fácil funcionamento.

Para saber mais, acesse o nosso site e veja como funciona o Micro Market em condomínio da Onii. Você perceberá o quanto investir nesse segmento pode ser vantajoso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami