O que é autoatendimento e quais suas vantagens?

Você já parou para pensar sobre o que é autoatendimento e as vantagens que ele proporciona para as empresas e usuários?

Estamos falando de uma tendência que veio para ficar e que será cada vez mais comum no comércio varejista.

Compreender sobre as soluções de autoatendimento e como proporcionar experiências agradáveis para os clientes, é algo que deve estar sempre na mira de novos empreendedores.

Os negócios do futuro já devem ser equipados com esse tipo de solução.

Para entender mais sobre o que é autoatendimento e questões relacionadas, basta você acompanhar o artigo, nos tópicos abaixo!

Afinal, o que é autoatendimento?

Podemos definir o autoatendimento como uma ferramenta que otimiza o contato dos clientes. Com recursos desse tipo, as pessoas têm muito mais autonomia para realizar as atividades quando e onde quiserem, sem depender de terceiros.

Apesar dessa cultura estar começando a se desenvolver no Brasil nos últimos anos, ela já está presente há muito tempo em outros países. Se você já viajou para os Estados Unidos, conhece alguém que passou férias em Orlando ou prestou atenção nas cenas de filmes americanos, já deve ter notado que, por lá, não há frentistas, por exemplo.

Nos Estados Unidos, os postos de gasolina são totalmente autônomos! É o próprio motorista que precisa descer do carro e encher o tanque do seu veículo, ao contrário do Brasil, que tem um profissional para realizar essa atividade.

Para pagar pela gasolina, o usuário deve inserir o cartão de crédito na bomba, que fará a cobrança automaticamente. Tudo de maneira muito rápida e prática!

Leia também: Loja de conveniência autônoma: o novo modelo está dando o que falar

Quais são os diferentes tipos de autoatendimento?

Além de entender o que é autoatendimento, é interessante compreender que existem diferentes modalidades da solução. A seguir, explicaremos brevemente cada uma delas!

Self-service

É bem provável que você já tenha almoçado em um restaurante self-service, não é mesmo?

Aqui vemos o mesmo caso do exemplo dos postos de gasolina americanos. Trata-se de uma modalidade de atendimento em que o próprio cliente realiza o serviço que necessita.

No caso do restaurante, é o cliente que vai até o buffet e enche o prato com os alimentos que deseja comer. Há ainda o exemplo das lavanderias self-service, comuns nos Estados Unidos e que começam a ganhar força no Brasil.

Nesse tipo de negócio, o cliente paga para usar as máquinas de lavar roupa, coloca as peças no equipamento e aguarda o processo de limpeza ser realizado.

Autoatendimento telefônico

O autoatendimento telefônico acontece quando o usuário usa o telefone para resolver sozinho a uma demanda. Se você tem ou já teve um celular pré-pago, certamente já usou muito esse serviço.

Uma das formas de recarregar o celular é comprando um cartão nos estabelecimentos conveniados com as operadoras. Depois disso, deve-se ligar para o número indicado e digitar o código impresso no papel. 

Toda essa atividade é feita de acordo com os comandos dados por uma gravação, sem que o usuário tenha contato com outra pessoa.

Chatbots

A inteligência artificial, por meio dos chatbots, espécie de robôs programados para serem atendentes, é cada vez mais utilizada. Essa ferramenta é usada em aplicativos de chat, como o WhatsApp e o Facebook Messenger.

Ao enviar uma mensagem para  os canais digitais da empresa, o usuário é atendido por um robô, que é programado para passar orientações, para que os problemas sejam solucionados, sem a intervenção de outra pessoa.

Quais são as vantagens do autoatendimento?

O autoatendimento traz vantagens para as empresas e também para os usuários. Veja, na sequência, as principais delas!

Redução dos custos

Para as empresas, compreender o que é autoatendimento e investir nesse segmento pode representar uma grande redução de custos. 

É preciso gastar menos com mão de obra operacional, tendo em vista que os próprios clientes realizarão a maioria das atividades.

Agilidade no atendimento

O autoatendimento é sempre muito ágil, tendo em vista que o usuário desenvolverá a atividade no ato, sem ter que esperar por terceiros. 

Ao chegar no posto de gasolina, por exemplo, não é necessário aguardar o frentista finalizar o atendimento de outro cliente, já que você mesmo pode se servir de gasolina.

Disponibilidade para o cliente

Como não será preciso ter operadores, que geralmente trabalham somente em horário comercial, o autoatendimento garante mais disponibilidade para o cliente. 

Os serviços poderão ser realizados em qualquer momento do dia, de acordo com a necessidade de cada pessoa. Afinal, na sociedade contemporânea, nem todos têm os mesmos horários disponíveis.

Como o autoatendimento é aplicado no comércio varejista?

Ao descobrir o que é o autoatendimento, você verá como ele pode ser aplicado no comércio varejista e ser uma grande oportunidade de negócio. Isso pode ser observado nas lojas autônomas da Onii.

Com o uso da tecnologia, a Onii proporciona aos clientes um autoatendimento prático e de qualidade, com diferentes tipos de lojas, que são dispostas em áreas de grande circulação de pessoas, como pátios de empresas e de condomínios, por exemplo.

Para abrir as lojas, o cliente precisa baixar o nosso aplicativo e gerar um QR Code, que deve ser lido em nossas fechaduras inteligentes. Feito isso, a porta se abre e o cliente pode fazer a escolha dos produtos que deseja adquirir.

Os produtos comprados devem ser escaneados, por meio do código de barras, pelo aplicativo. Ao finalizar a compra, basta clicar em um botão e a cobrança é feita, por meio do cartão de crédito cadastrado.

Entendido o que é autoatendimento? Agora você já sabe como funciona esse modelo de negócio inovador! Por isso, ao empreender, não deixe de considerá-lo!

Também assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos interessantes como este, no seu e-mail.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami